Clube dos Amigos Bardo e Fada RSS



Mea Culpa

  O que acontece quando eu digo que isso - o que quer que isso seja - não é minha culpa? "Não é minha culpa que eu cheguei atrasado - o trânsito estava congestionado." "Não é minha culpa que eu perdi dinheiro. Peguei a dica de investimento de um amigo." "Não é minha culpa que eu não tinha as habilidades para o trabalho e fui demitido. Eles deveriam ter me treinado." Não quero falar de casos extremos. Mas a maior parte do tempo as coisas são culpa minha sim. E se eu não vejo isso, acabo vivendo as mesmas situações de novo e de novo. Eu deveria ter me planejado para chegar, sabendo que poderia haver congestionamento. Eu fiz um investimento...

Continuar lendo



O inconveniente, chato, insuportável que pagou o preço

Quando eu penso no mundo em que vivo e nas organizações em que trabalho (não mais, oh, eu não!), não consigo parar de pensar que poucas pessoas tem a honestidade intelectual, o tempo e a disciplina que são necessárias para se ter uma opinião. Opinião dá trabalho e é por isso que existem tão poucas. Uma vez li que "você reconhece um idiota em qualquer pessoa que não consiga ficar meia hora sem fazer nada" - na época reconheci um idiota imediatamente ao olhar no espelho. Todos temos um viés psicológico para a ação e, mais importante, para a aparência de sabedoria.  Pensa bem. Quando foi a última vez que ouviu alguém dizer eu não sei? A minha experiência diz...

Continuar lendo



Evitar ser estúpido é mais fácil que buscar ser brilhante

Eu prefiro não parecer um idiota. E evitar ser estúpido é mais fácil que buscar ser brilhante! Não preciso ser um gênio, só preciso de algumas ideias bem simples: - Se um assunto pode ser resolvido por simples observação, eu mesmo observo. Eu soube que o Aristóteles acreditava que as mulheres tinham menos dentes na boca que os homens. Ele afirmava isso, mas nunca abriu a boca da Sra Aristóteles para contar e ter certeza. Ele acreditava porque pensava que sabia. E acreditar que eu sei, sem conferir, é um erro fatal. Me disseram que os porcos espinhos comem besouros. E eu só sei disso porque me contaram. Agora, se eu fosse escrever um livro sobre os hábitos dos porcos...

Continuar lendo



Minhas opiniões são mesmo minhas?

Aqui está algo para refletir sobre: Eu tomo a opinião e o conhecimento de outros homens que confio para mim, o que é um aprendizado superficial e estático. Eu preciso pegar elas para mim. Eu sou como um homem que, precisando de fogo, vou ao meu vizinho para buscar e, encontrando um fogo bom por lá, me sento e me aqueço, esquecendo de levar esse fogo para minha casa. É fácil ficar com a opinião dos outros ao invés de ter a minha. Eles são as pessoas que pagaram o preço e apresentaram as suas ideias em um assunto em particular. Precisa mesmo de muito pouco esforço para só concordar com a opinião dos outros e fazer parecer que cheguei...

Continuar lendo



Remando a favor da maré

"O que o aluno precisa aprender, se aprender alguma coisa, é que o mundo fará a maior parte do trabalho para ele, desde que ele coopere em identificar como ele realmente funciona e alinhe-se com essa realidade. Se não deixarmos o mundo nos ensinar, ele nos ensina uma lição."- Joseph Tussaman A primeira coisa que as pessoas fazem é me dizer o que elas pensam. Quando alguém tem opinião sobre tudo, sempre quer dividir comigo. E eles ainda adicionam pesquisas e dados imaginários como se tivessem uma lista de fatos que eles precisam mostrar para se colocar como especialistas na área que não sabem nada a respeito. Porque eles tem opinião sobre tudo, eles são rápidos em julgar os outros...

Continuar lendo