Carta de Boas Vindas ao Amigo e Amiga da Bardo e Fada


Seja bem vindo, seja bem vinda!

É com calor no coração, aquele calor de quando se está apaixonado, que recebemos você aqui. Você é uma pessoa única e a partir de hoje nossa missão é conhecer seus pensamentos e sentimentos - a inspiração para nossos próximos trabalhos artísticos.

Aqui no clube você vai encontrar muitos conteúdos, listados no menu da página principal e cada um deles foi desenvolvido com muito amor, baseado nos pensamentos e opiniões das pessoas que chegaram no clube antes de você - cruzados com a visão de mundo maluca do Bardo e da Fada.

Nossa relação será direta e cada vez mais íntima (podendo até terminar em uns beijos na boca, se a ocasião e a química assim o quiserem). Queremos saber de você, sobre você e viver uma intensa amizade daqui pra frente.

Já na relação com outros fãs, pedimos que concorde com o texto abaixo. Caso não concorde, avise-nos para que façamos sua remoção imediata do clube e a devolução do seu investimento:

Deixo claro aqui que me dou a absoluta liberdade de expressão pois me vejo em posição de criar amor, carinho, compaixão e fraternidade.

Me vejo em posição de, através do meu silêncio, não alimentar conflitos, pois são apenas tropeços de expressão.

Dito isso, escolho que a liberdade de expressar qualquer coisa que seja, por mais absurda que pareça, seja respeitada.

Se necessário, debaterei com alegria e com o único intuito de esclarecimento e crescimento de todas as pessoas envolvidas, quando essas se mostrarem dispostas.

Estamos combinados? Maravilha!

Somos pessoas tão diferentes, com tantas vidas tão diferentes, mas somos todos iguais quando queremos amor.

Curta com amor cada um dos conteúdos! E seja bem vindo, bem vinda!

 

 


33 comentários


  • Alex

    Concordo demais!!!!!


  • Darcio

    Concordo !!!!!!!!


  • João César

    Concordo… Que o amor esteja conosco ! ❤️🧡💛💚💙💜🖤♥️


  • Pepe

    Vivam isso…eu vivo… impagável…não dá pra dizer…vem viver com a ge


  • JOSE ALVAREZ ORDAS

    Vivam isso…eu viv


Deixe um comentário