E


Você sabe o que é Meet and Greet?

É um privilégio para pouquíssimos fãs, uma coisa caríssima e logo eu vou te contar como isso funciona em detalhes.

Nós somos Bardo e Fada e estamos vivendo uma nova era da arte na era da informação. Nesse momento, o contato entre pessoas que pensam de forma parecida, que gostam das mesmas coisas e dos artistas com seus fãs está mais fácil do que nunca.

Isso é verdade. Aqueles artistas deus que só apareciam em um pôster de revista na parede do seu quarto ou na tela da MTV agora estão aqui, humanos, falando diretamente com você.

Parece difícil de acreditar, mas você sabe o que precisa para acessar as pessoas que admira hoje? Simplesmente precisa ter acesso à internet. Antes da internet, para ter acesso à um artista você precisava escrever uma carta - que seria recebida pela gravadora - ou andar muitos km até um show e fazer sabe-se lá o que para entrar no camarim.

Hoje está tudo na mão! Basta entrar nas redes sociais e acessar. Hoje você pode mandar uma mensagem para seu artista favorito e ser respondido em pessoa, como aconteceu com (depoimento 1: sobre o contato direto com a gente) e agora está em contato direto com a gente!

Nós somos Bardo e Fada e te damos as boas vindas à uma nova era da relação artistas e fãs, uma era onde o artista tem acesso ao povo - e você não faz ideia do quanto isso é valioso para todos nós!

Houve um dia em que fomos escravos das gravadoras e hoje temos nada menos que 25 milhões de artistas - só no Spotify - lançando 40 mil músicas novas todos os dias! Isso significa que você teria que passar 138 dias ouvindo música o dia todo só para ouvir os lançamentos de hoje.

Isso é incrível, mas também tem lá seus problemas, logo te conto sobre isso, e se você acha que já pode mandar mensagem para qualquer artista e obter resposta, bem, ainda não é bem assim.

Como é o início de uma era, muitos artistas vão ficar presos no século passado, ainda achando que são super estrelas inatingíveis e não vão se dar conta de que as coisas mudaram.

E o mais importante que esses artistas ainda não estão vendo é que as pessoas estão mudando. O acesso à diferentes formas de pensar está mudando os comportamentos e muitas coisas que eram impossíveis no passado hoje são assunto comum.

Você sabia, por exemplo, que nos anos 30 saiu uma pesquisa científica dizendo que - talvez - uma mulher tivesse a capacidade de pensar a altura de um homem? E cá estamos, 90 anos depois, com mulheres em altos cargos de comando, chefiando grandes empresas e governos - e algumas pessoas ainda presas nos anos 30...

Muito desse avanço nas relações humanas vem da arte. Se você não se dedica a consumir arte, existe uma grande chance de estar preso no século passado, pensando em caixas fechadas que te impedem de aproveitar o melhor da vida agora mesmo. 

É uma nova era, onde os artistas estão preocupados em fazer arte sobre seus sentimentos mais profundos e a única maneira de fazer isso é acessando você - e esses sentimentos - diretamente. 

Você pode dar um passo a frente e se fazer disponível ou continuar vivendo a dor de corno dos outros como se fosse sua. Você escolhe.

O que nós estamos fazendo aqui, agora, é abrindo nosso lado da conexão, construindo essa ponte, como fizemos com (depoimento 2, sobre como nos tornamos amigos e nos sentimos com uma real conexão) agora, falamos que haviam alguns problemas e a questão aqui é que há anos não temos mais aqueles estilos puristas de música e vai ficando cada vez mais difícil saber se estamos ouvindo o som "certo" ou se estamos ouvindo música "boa" e isso também está mudando. 

Acontece que antes você só ouvia músicas que eram escolhidas para você pelas gravadoras. Você até "pensa que gosta" delas, mas a verdade é que foi forçado a ouvir e ouvir repetidamente até que se acostumou. Lembra do axé? Se você estava vivo nos anos 90, claro que lembra, você não teve a opção de não ouvir e deve saber várias letras de cor. Ou o Furacão 2000, ou as duplas idênticas de sertanejo universitário dos anos 10. Música de laboratório, feita de forma padronizada para vender produtos e hipnotizar até as mentes mais inteligentes.

O que estamos propondo aqui é um tipo de música que realmente fale sobre você e realize transformações positivas na sua vida, como aconteceu com (depoimento 3: sobre a música da Bardo e Fada trazendo modificações positivas no pensamento das pessoas) então a Bardo e Fada acaba mais que música: entrega uma trilha sonora para sua vida, que não é uma vida de corno genérico que vive de maus amores: é uma história completamente única e linda, que merece ser escrita, pintada e musicada.

E se isso não bastasse, ainda aproxima você de pessoas com histórias de vida e desejos parecidos, como aconteceu com (depoimentos 4 e 5: sobre as conexões de fã para fã através da Bardo e Fada). E isso é exatamente o que queremos: conexão. Queremos arte que se conecte com o momento que vivemos!

E claro que, como toda nova era, enfrentamos desafios. O primeiro (e clássico) é o dinheiro. 

Música, desde a invenção do rádio sempre foi algo que se pode ouvir "de graça" (as músicas que a gravadora escolhia para você ouvir) e se pagava com patrocinadores e a venda dos discos - grana que raramente chegava na mão dos artistas, que se matavam em turnês bem pouco saudáveis. Se você já leu a história de algum artista, sabe que morrer de overdose é final comum e os pobres infelizes ainda são tachados de drogados e irresponsáveis, mas tente fazer 30 shows por mês, atender uma legião de fãs insanos e uma mídia super burra para ver se consegue sobreviver sem alterar sua consciência com algum negocinho.

Tem mais: a maioria das histórias que você ouviu sobre bandas quebrando quartos de hotel e fazendo horrores são mentiras para vender discos para adolescentes rebeldes (não se sinta mal se caiu nessa, nós também caímos). 

Quando nos demos conta disso nós paramos. Tivemos sorte, paramos com a caneta no papel da gravadora. Demos as costas e seguimos nosso caminho para a rua, onde deixamos na mão de cada fã nos dizer se nossa arte era digna ou não de dedicarmos nossa vida à ela.

O povo deu seu veredicto e fez as contas baterem.

Dinheiro é sempre um assunto delicado e nós nos preocupamos em deixas as pessoas sentindo que fizeram um ótimo negócio: pagar quase nada por arte de qualidade. Tem como ser melhor que isso? (depoimentos 6 e 7: sobre o valor pago por oferecermos arte de graça pelas ruas). E assim, de forma colaborativa, conseguimos criar conteúdo de qualidade, músicas que falam sobre você, como você se sente e ao mesmo tempo ser bem remunerados e viver uma vida digna e justa como artistas.

Mas aí veio outro problema: o tempo. Como um único artista (ou dois, no nosso caso) vão atender milhões de pessoas e ainda conseguir ser íntimos em seu contato e sua arte? Não tem como. E por isso que o bom artista da nova era já não é mais o de maior apelo popular, o de mais discos vendidos, o fenômeno da internet. 

Você sabe que dá pra comprar os números da internet, não sabe? Não mudou nada da era do rádio e da TV, mas agora os verdadeiros artistas tem seu espaço. 

E se você ainda acredita que o que é bom para todo mundo é bom para você também, pense de novo: sua mãe nunca lhe disse que você não é todo mundo? Assim como ela, nós também acreditamos que tem algo de especial e único em você e que merece uma canção:

Eu preciso saber se isso está certo
Se eu entendi de verdade o que você quis me dizer
E eu prometo limpar os meus ouvidos com um cotonete
Se ajudar a entender

O que eu quero mesmo é fazer uma canção
Que fale sobre você, somente sobre você
O que se passa no seu peito
O que você está sentindo agora

Eu preciso saber se isso está certo
Se eu sou de verdade importante pra você
Ou se Zezé de Camargo e Guns n Roses
Já falaram sobre tudo o que pode acontecer

E se você se importa com o fato
De que eu me importo com você
E eu quero cantar isso
E que eu não sou uma rockstar
Mas alguém que quer cantar sobre você

Somente sobre você
Preciso saber se isso está certo

Não que iremos de deixar de atender o mundo todo se assim as pessoas desejarem - mas pense então que nossas canções de enorme sucesso serão sobre você.

O outro problema é sobre a forma de mecenato.

Mecenato?

Isso é de comer?

Mecenas é o nome que se dá a pessoa que é patrona das artes, coisa muito comum nas cortes dos antigos reis que desejavam ter sua própria produção artística. Depois isso se perdeu um monte com as produções artísticas em massa e com o governo dando dinheiro para empreitadas culturais mas desde a criação do crowdfunding - o funanciamento coletivo - o mecenato finalmente chegou para as mãos do cidadão comum. 

E ao invés de um governo ou de uma empresa alocando milhões para uma empreitada cultural - que na verdade é publicidade disfarçada de cultura - você pode ser esse patrono, esse mecenas, de uma forma mais íntima e com mais liberdade para o artista, que não tem seu discurso reduzido às moralidades de uma empresa que promove arte visando lucro.

E tudo em conjunto com outras pessoas que gostam do que você gosta, que pensam como você, cada um colaborando com um pouquinho. Vê como você só ganha? Intimidade com o artista, arte de qualidade, arte personalizada e contato com pessoas como você. Únicos e não só mais um rosto na multidão.

E o último desafio é acreditar. Acreditar no poder de transformação positiva que a arte tem na sua vida. Como (depoimento 8: sobre algo que mudou positivamente depois do contato com nossa arte).

O que aprendemos com isso? Que esse acreditar é em você mesmo, que tem coisas maravilhosas guardadas aí dentro do coração só esperando para sair e nós, artistas, somos a sua ferramenta de realização. Vamos juntos remover o medo de brilhar que está escondendo do mundo o melhor de você.

Existem muitas maneiras de nos conectarmos. Nós escolhemos essa maneira especial baseada no trabalho de bandas que fazem isso nos EUA e Europa desde 2012: nós escolhemos os nossos fãs. 

Criamos um clube de amigos onde podemos ter esse contato direto de artista para fã mas também proporcionamos o contato de fã para fã que é incrível. Dá só uma olhada no conteúdo que oferecemos na página do clube:

- A carta de boas vindas, que conta um pouco sobre nossa missão e faz um belíssimo tratado da relação de fã para fã;

- O nosso grupo, com a comunidade mais amor do mundo, onde os diálogos são recheados de amor e respeito;

- As lives 18+, sempre com assuntos polêmicos e histórias incríveis da nossa vida alternativa;

- O acesso antecipado e exclusivo às músicas e clipes, onde você vai acompanhar todo o processo criativo e ouvir as músicas antes de todo mundo;

- Os clipes que já fizemos até aqui e já foram publicados.

- O download de todas as músicas que já fizemos até aqui, incluindo raridades que não serão publicadas;

- O Blog da Sabedoria do Bardo, com peças semanais sobre o relacionamento humano e visões de mundo;

- E o espaço dos amigos! A galeria de arte onde você pode expor suas habilidades, sejam quais forem, amadoras ou profissionais.

- E a lista dos amigos, com seus aniversários e cidade onde vivem, cada uma dessas pessoas únicas e especiais que são tão diferentes entre si mas estão na mesma busca: a felicidade. 

Mostramos todos esses depoimentos para você ver que essas pessoas fizeram um investimento e receberam muito mais em troca: a felicidade não é um momento futuro, ela só pode acontecer agora e nós, artistas, estamos aqui para facilitar esse momento. 

E quem somos nós? Os artistas. Desde a infância estamos nos preparando para viver essa troca com você. Nós estamos qualificados para colocar um sorriso no seu rosto e calor no seu coração. Não somos de família rica mas estudamos muito, temos 13 anos de técnica vocal nas costas e o Bardo cursou literatura inglesa e norte-americana onde aprendeu poesia com os melhores.

Estudamos nossas influências à fundo e gravamos nossas próprias músicas, muitas vezes dentro da Kombi mesmo. 

Então a gente sabe uma coisa ou outra sobre as emoções humanas. 

Escuta: felicidade não é essa coisa torpe de ficar com um sorrisão no rosto o tempo todo não. Felicidade é essa montanha russa de sentimentos que incluem o êxtase do nascimento de um filho à imensa dor de ver alguém amado partir para sempre. E nós queremos estar aqui com você, compondo a trilha sonora da sua vida. 

É isso que desejamos para você: a emoção forte que faz você se sentir vivo.

Estamos aqui para te fazer rir e chorar quando preciso. E tudo isso vai rolar aqui no nosso Clube dos Amigos da Bardo e Fada:

- Com um grupo que é puro amor, crescimento, compreensão e diversão;

- Com as lives que vão te deixar de orelha em pé com mil outras possibilidades de ser feliz;

- Com músicas exclusivas escritas pensando nos seus mais verdadeiros sentimentos;

- Com clipes criados junto com você, acompanhando todo o processo criativo;

- Com espaço para você expor suas habilidades para seus novos amigos;

- Com outras pessoas que desejam ser felizes como você! E enquanto você estiver aqui no clube com a gente nós garantimos que nunca mais vai ter um dia sem emoção na sua vida! 

Anota a data de hoje. Porque hoje você começa uma nova era de felicidade, simplesmente porque vai acessar:

- Arte que fala sobre você;

- Contato direto com os artistas;

- Arte de qualidade;

- Contato direto com outros fãs e tudo isso em um ambiente de respeito a quem você já é hoje e de muita diversão.

E aí?

Você se compromete com você mesmo a ser mais feliz?

Sim?

Então faça de conta que é maluco e responda em voz alta para a tela: Sim!

Senti firmeza! Então vamos conhecer o clube mais a fundo agora:

- Temos aqui nossa carta de boas vindas e aqui falamos sobre a nossa missão e sobre a relação de fã para fã, e a nossa missão é fazer música que cria mudanças positivas na sua vida.

E eu te pergunto: Por que você gostaria de ter mudanças positivas na sua vida? Pode ser que sua vida esteja uma merda agora ou pode ser que esteja próxima da perfeição, mas a verdade é que o mundo não é um lugar estático, tudo muda o tempo todo e tanto a merda como a perfeição não vão durar para sempre. 

Por isso, para alcançar a felicidade agora, que é a única coisa que realmente importa, é preciso tomar a rédea da vida com as duas mãos e se comprometer com criar as próprias mudanças positivas. Viver uma vida emocionante requer atitude.

Eu quero compartilhar a minha experiência pessoal, quando eu estava com 18 anos e estava desesperado com o que o futuro me reservava: uma vida igual a dos meus pais e dos pais dos meus amigos. Foi através da arte do Marilyn Manson que eu aprendi que toda a transformação começa com a clareza do por que. 

Para ter resultados diferentes você precisa se tornar uma versão nova de você mesmo. Para viver novas emoções você precisa de comprometimento e verdadeira vontade. Sem clareza, sem saber realmente o que mexe com suas emoções, você dificilmente vai ser feliz agora.

Então? Por que você quer ser feliz agora?

Primeiro pode vir uma resposta óbvia, que você simplesmente deseja se sentir bem e pronto, ser bem atendido em suas necessidades. Mas isso é superficial. Pergunte a si mesmo: Por que isso é importante? Por que eu quero me sentir bem? 

É para se conectar com você mesmo, se sentir especial, se conectar melhor com os outros e criar novos e emocionantes desafios para os seus dias. Agora sim, com essa clareza, você pode mergulhar aqui e conhecer nossas lives 18+

Essa aqui, por exemplo, falou sobre Amor Livre, um dos grandes tabus da sociedade atual. (trecho da live) e nessa aqui contamos histórias picantes (e 100% verdadeiras) sobre nossas turnês (trecho da live) e muitas vezes as nossas limitações de visão de mundo são gritantes. Às vezes soamos intolerantes ou egoístas.

E, de amigo para amigo, olho no olho, deixamos um alerta: quando você é irredutível em sua visão de mundo e não se dispõe à ouvir opiniões contrárias a sua, você coloca sua vida em risco. A sua e a das pessoas que ama. Porque a sua opinião sempre vai ter pontos cegos. Você dirigiria em uma estrada à noite, chovendo, cheio de caminhões em alta velocidade, em um carro cheio de pontos cegos? Você com certeza ia se machucar muito - se sobrevivesse. E por que você aceita viver uma vida cheia de pontos cegos? 

O cenário é sempre incerto, a economia é incerta. Você precisa abrir sua mente agora para novas ideias em ser obrigado a colocar nenhuma delas em prática, basta apenas conhecer mais do mundo. 

Eu canso de ouvir as pessoas dizendo: - ah, eu teria sofrido muito menos, seria tudo diferente hoje se eu soubesse disso ou daquilo. Eu duvido que você não vai ser imediatamente mais feliz e emocionante assim que entrar em contato com novas ideias. 

E, por favor, não tome essas novas ideias como "a grande nova verdade absoluta que vai salvar o mundo." Não. Existem mil caminhos para a felicidade, todos únicos, e aqui apresentamos ideias diferentes para que você pense em alternativas próprias.

Na verdade, somos nós que queremos saber o que faz você feliz. Porque é aí que mora nossa qualidade: criar obras de arte, música, que falem sobre você. Seja uma versão de uma música que faz sentido para você ou uma música novinha em folha sobre algo que nunca foi dito antes. 

- E aqui no clube você tem acesso à todas essas músicas gravadas até hoje, incluindo versões da Bardo e Fada antes de ser Bardo e Fada, dando nossos primeiros passos, para que você acompanhe nossa evolução artística. É o fim do artista deus da perfeição, é o artista humano em uma via de duas mãos.

- Aqui temos os clipes já feitos até aqui e, com sua contribuição, serão muitos mais no futuro.

- Temos o blog, onde falo das relações humanas e como elas podem ser melhores entre nós. E por que eu quero que essas relações sejam melhores? Lembra que eu falei do Meet and Greet no início desse vídeo? 

Meet and Greet siginifica conhecer e cumprimentar. É uma prática de artistas famosos de cobrar para que fãs entrem eu uma área VIP para dar um oi e tirar uma foto. É só isso: um oi e uma foto. Um oi, uma foto. Um oi, uma foto. Um oi, uma foto. 

Só um oi e uma foto.

O artista não quer saber quem você é, não vai perguntar seu nome e muito menos salvar seu contato no telefone dele. Você sabe que ele não estava pensando em você quando escreveu aquela canção - na verdade, muitas vezes ele nem escreveu canção nenhuma, ela foi feita em laboratório para mexer com sua emoção superficial - e sabe quanto isso custa?

Para dar um oi e uma foto com a Rihanna é baratinho, apenas R$ 1500 reais. Se você pulou da cadeira, senta de novo e amarra, porque se você prefere a Lady Gaga se prepare para vender seu carro e pagar R$ 18 mil reais - um oi e uma foto - isso se não for fã da Demi Lovato e seus R$ 22 mil reais para quê mesmo? Ah, um oi e uma foto. 

E as pessoas estão dispostas a pagar esses valores. Por que? Para olhar nos olhos, por três segundos, de uma pessoa que foi capaz de mexer com suas emoções por um instante, como aconteceu com (Depoimento 9: como a Bardo e Fada mexe com seus sentimentos) e por isso que somos diferentes, buscamos isso que outros artistas não buscam que é esse contato direto com você para fazer uma arte que toque ainda mais fundo, que tenha a ver com sua vida real, que traga emoção genuína agora.

Pensamos que agora já entendeu o seu por que e o nosso por que. Quanto mais próximos estamos, melhor nossa relação, mais felizes todos ficamos e mais bela será a arte que vai imortalizar nossa felicidade.

Então você está pronto para entrar para nosso clube, ver nossas lives, ouvir as músicas, conhecer a comunidade mais compreensiva e amorosa que já existiu, conversar com outros fãs diariamente e encontrar eles por aí. 

Além disso, teremos encontros regionais e grandes festivais nacionais com a turma toda. E para ter acesso aos seus artistas, dar um oi e fazer uma foto é só dizer SIM para essa oferta temporária oferecida para apenas 250 sortudos: 

A anuidade do clube dos amigos da Bardo e Fada está saindo por apenas R$ 1200,00 anuais!

Bem... esse seria o preço fossemos celebridades e precisássemos de gasolina para nosso helicóptero, por isso a anuidade do Clube dos Amigos da Bardo e Fada vai ser oferecida por apenas R$ 750!

Esse é um valor que vai garantir que vamos produzir música, vídeos, dar plena atenção à seus sentimentos e garantir que estaremos em movimento mostrando lugares incríveis e levando música para as ruas - você promovendo o acesso à arte de qualidade para todas as pessoas, sem distinção. Tudo isso por pouco mais que um único show do Kiss. 

Talvez a gente tenha sido bem corajosos de nos comparar ao Kiss, e sabemos que não é uma decisão fácil, um investimento simples em cultura, mas estamos falando aqui de mudanças positivas na sua vida, de mais momentos de emoção, de mais felicidade! De novas amizades, novos amores - quem sabe? - e a trilha sonora feita por um artista de qualidade e que conhece seus sentimentos, como (depoimento 10 - Como a arte de Bardo e Fada afeta sua vida positivamente).

Deixa eu mostrar para você nossa comunidade. Esse é um povo tão lindo, tão poderoso, que me faz chorar de alegria. Esse foi um dia que eu precisei printar e guardar: o dia que conversamos sobre fé por horas sem uma única falta de respeito, mesmo que as pessoas ali tivessem as mais diferentes fés, ou fé nenhuma. Onde você encontra tanta diversidade de ideias e ao mesmo tempo nenhuma violência? 

Também temos uma galeria de arte de fã para fã onde você pode mostrar suas habilidades, como esse vídeo (vídeo de música da galeria) e é uma oportunidade única, para a vida toda, que será o privilégio de apenas 250 pessoas. Depois disso, já era, não podemos atender mais que isso com a alta qualidade que desejamos entregar e, no momento em que você lê isso, já temos 190 pessoas únicas no clube.

E só porque ficou aqui com a gente até o final desse vídeo e ouviu tudo o que tínhamos a dizer já aprendemos algo sobre você: você está comprometido com sua própria felicidade. Por isso, para você, a anuidade do clube vai ficar em apenas R$ 600! - agora parece até injusto, não é? Mas é o que queremos: que sinta que está fazendo um poderoso investimento em sua própria cultura, educação, vida social e felicidade em geral, que está recebendo muito mais do que está entregando. 

Isso é um bom investimento!

Então entre AGORA e nos vemos no seu próximo momento de felicidade!